Exames pré-nupciais e pré-concepcionais

Beleza e Saúde / Inspirando

hands-1246170_1920

Embora já não sejam mais exigidos como parte dos documentos a serem apresentados para a realização do casamento, os exames pré-nupciais são muito, muito importante serem feitos pelo casal. Os exames pré-concepcionais fazem parte já do pré-natal, para que, mesmo com uma gravidez não planejada dos recém-casados, possam ter mais segurança quanto à saúde do bebê.

Estamos em novembro, mês dedicado à conscientização da prevenção do câncer de próstata, uma doença silenciosa e que mata muitos homens por ano.

Homens têm mais dificuldade em fazer consultas e exames de prevenção, geralmente vão ao médico só quando não estão bem mesmo. Os exames pré-nupciais vão ajudar ao homem nessa consciência de que é preciso se cuidar e procurar um médico regularmente (que pode ser um clínico geral  ou o próprio ginecologista de sua noiva – muitos atendem ao casal também, sabiam?). O bacana de se fazer juntos esses exames é que assim vocês exercitam a cuidar da saúde um do outro.

O que é?

É uma bateria de exames que os noivos devem fazer antes de se casar. Alguns médicos pedem apenas os exames referentes ao pré-nupcial, mas é importante fazer junto o pré-concepcional para a organização de possíveis tratamentos para engravidarem, as questões quanto a saúde dos futuros filhos e até apresentar ao futuro cônjuge as possibilidades de terem filhos biológicos ou não (para que ninguém case enganado).

Para averiguar a saúde do cônjuge:

1) Hemograma

     a) HIV

     b) VDRL (para detectar sífilis)

     c) Clamídia

     d) Hepatite B e C

     e) Hemograma completo: anemia, contagem de plaquetas e glóbulos brancos

     f) Hormônios da tireoide (para as mulheres)

     g) Glicose

2) Urina

3) Parasitório de fezes (MIF)

Para averiguar fertilidade:

1) Espermograma (para os homens) e Preventivo (para as mulheres)

2) Cariótipo (para detectar alterações cromossômicas que podem causar problemas reprodutivos. É realizado em alguns casos)

3) Exames pré-concepcionais

     a) Grupo sanguíneo e Fator Rh

     b) Glicemia (para descartar diabetes)

4) Rubéola (mulheres)

5) Toxoplasmose (mulheres)

6) Citomegalovírus (mulheres)

Como fazer?

Vocês deverão ir ao médico com cerca de seis meses de antes do casamento (ou até mais) e, depois da consulta, ele passará para vocês um pedido de exame, com os exames descritos acima e talvez mais alguns, de acordo com o seu caso em especial. A maioria dos exames não são agendados, é só fazer jejum de 12 horas (isso está para mudar, hein gente, atenção), recolher a 1.ª urina da manhã (não é o 1.º jato, porque ele pode conter bactérias que ficam alojadas na uretra durante a noite), amostras de fezes (livres de urina) por três dias em potinho com líquido, próprio para MIF (você encontra os potinhos para amostra em farmácia ou no próprio laboratório) e levar com o pedido de exames laboratório (que normalmente atendem na parte da manhã, de 2.ª a sábado).

Por que fazer?

Muito casais já têm vida sexual ativa e outros até já moram juntos, o que faz com que muita gente pense que é besteira fazer esses exames. Mas não é MESMO! Não é só questão de controle de doenças, mas de confiança e sinal de boa fé. Muitos casam-se escondendo alguns “detalhes” de propósito, então os exames auxiliam no processo de divórcio e de invalidação do matrimônio caso uma das partes se sinta lesado pela omissão.
Esses exames promovem a liberdade! Se você descobre que ele terá problemas para ter filhos, e você quer muito um bebê, você já terá consciência desse fato e será livre para decidir se casar com seu noivo apesar disso, por exemplo.
Esse exame também ajuda ao casal escolher qual o melhor método anticonceptivo diante das condições de saúde da mulher e também auxilia no planejamento familiar (que é bem diferente de controle de natalidade).
E outra, desde 2005 a Organização Mundial de Saúde estimula esse exame para prevenir deficiências e erradicar doenças. Ou seja, também é um ato político.

Fontes: Dr.ª Eva Moreira

2 Comentários em Exames pré-nupciais e pré-concepcionais

  1. Tatiana Abrantes • EM 8/11/2016

    Super adorei o post!
    Importantíssimo! Pena que nem todo mundo pensa assim, eu já estou na minha maratona de exames rs
    Bjus
    Taty

    • Natalia da Costa
      Natalia da Costa • EM 8/11/2016

      Obrigada Taty! E vai dar tudo certo!