Reformar ou construir? – Onde morar V

Casa / Inspirando

Vocês ganharam de presente um imóvel e estão na dúvida se põe ele abaixo ou se encaram um reforma?

Será que comprar uma casa antiga e reformá-la compensa?

Ou será que é melhor comprar um terreno e construir do zero?

Para começar a esclarecer algumas dúvidas, pegue caneta e papel e avalie:

1. Qual a idade do imóvel?

Tudo que é material nesse mundo tem hora para deixar de existir. Até os imóveis. Então se ele possui mais de 50 anos é bem provável que uma reforma será mais cara do que a compra de um mais novo e que não precise de tanta intervenção. Imóveis por volta de 30 anos ou menos podem compensar a reforma e ainda ganharem um boa valorização, mas estejam atentos ao estilo arquitetônico do imóvel para que possam modernizá-lo sem descaracterizá-lo, senão o tiro sai pela culatra e você pode desvalorizá-lo.

2. Será preciso mexer na estrutura e na planta baixa?

Construir mais um pavimento irá requerer mais sustentação, assim como quebrar paredes. Pode não compensar e ainda ser bem perigoso se o arquiteto e o engenheiro não fizerem um bom trabalho. Construção de cômodos e mudanças na fachada também precisam de autorização da prefeitura, então avalie os custos desses alvarás.

3. O bairro é nobre ou sofrerá valorização?

Se “sim” o investimento numa reforma poderá ser muito bem vindo. Mas atenção, se for um apartamento e o prédio estiver meio caído, talvez uma reforma não vá compensar.

4. Quanto tempo moraremos no imóvel? Temos o interesse de vendê-lo?

Reformas sempre valorizam o imóvel, porém é preciso avaliar se essa reforma irá valorizá-lo o tanto que se espera. Mas, se escolherem morar nele, uma reforma para quem vá ficar pelo menos 10 anos no imóvel irá compensar bastante. A melhor pessoa para ajudar a sanar essa dúvida é um corretor de imóveis.

5. Demolir e construir do zero compensa?

Nem sempre, há um custo alto para demolição (equivalente à dor de cabeça), mas por incrível que pareça um terreno prontinho pode sair mais caro do que demolir um imóvel antigo. Há a vantagem da demolição em relação ao conhecimento do terreno porque, dependendo do tipo de construção, o engenheiro poderá aproveitar alguma coisa, como as sapatas.

Outras coisas que precisam levar em conta:

  • Planejamento de ações
  • Planejamento de custos
  • Planejamento para imprevistos

Refaçam os planejamentos até se sentirem seguros e muito certos do que querem fazer antes da primeira marretada. Tripliquem o tempo de entrega da obra e reservem o dobro do previsto nos custos. Acordem muito bem as formas de pagamento.

Procurem profissionais competentes! Essa é a coisa mais importante! Por mais que a grana possa estar curta e a pressa ser grande, não ajam por impulso. Façam vários orçamentos, conheçam pessoalmente os trabalhos, conversem com antigos clientes.

Quais profissionais procurar para grandes reformas e construção:

  • Engenheiro, para grandes mudanças e construção
  • Arquiteto e design de interiores, para funcionalidade e diálogo com o que se espera do imóvel
  • Decorador, para o acabamento e construção da cara do seu lar.
  • Corretor de imóveis, para avaliar os valores

Vocês até podem contratar diretamente um pedreiro e um eletricista, por exemplo, mas pode ser bem arriscado se você não tiver certeza de que ele é competente o suficiente para não fazer sua casa pegar fogo. É preciso conhecer muito bem o trabalho deles. Mas cuidado também ao contratar empreiteiras, tem muita gente picareta por aí.

Estejam atentos às regras quanto ao barulho, movimentação e entulhos. E isso não vale apenas para os apartamentos.

Tenham muita paciência! Reforma é chato, mas no final vocês terão um imóvel lindo e do jeitinho de vocês!

Para saber mais:

Infomoney – Imóveis: Quando compensa reformar?

BBel – Reformar o imóvel antigo ou construir outro no lugar?

E se você encontrou um profissional maravilhoso, não se esqueça de socializar a informação nos comentários.

3 Comentários em Reformar ou construir? – Onde morar V

  1. Tatiana Abrantes • EM 17/01/2017

    Como sempre posts super bem elaborados e explicativos! Adoreiii
    Bjus
    Taty
    Na Casa dos Abrantes
    Canal

    • Natalia da Costa
      Natalia da Costa • EM 17/01/2017

      Ai, obrigada!! =)

  2. MAICON JULIO ABREU PINTO • EM 17/01/2017

    Adorei minha amiga, perfeito! Muito bom mesmo!